Look Nº 714 - Proud Mary!

Como nem só de guerras vive o Homem, que este blog possa ser uma fuga a essa horrível realidade! Sabem, de vez em quando, eu acho que vocês gostam de ouvir algo sobre nós (bloggers), agradável e calmo! Pois então é assim, tenho estas fotos no arquivo à espera de uma boa história! Têm já algum tempo é verdade, foram tiradas, mais exactamente, no dia do meu aniversário, estava frio e chuva nesse dia, pelo que tive de as tirar dentro de casa da minha tia. Então pus-me a pensar no que é que eu poderia escrever como texto de suporte e, lembrei-me que se eu contasse a história do meu nome ficaria bem, o que é que acham???   

As not only from wars does mankind live, may this blog be an escape from this horrible reality! You know, every now and then, I think you might like to hear something from us bloggers, nice and easy. So, I have these photos in the archive waiting for a good story! They were taken on my birthday, it was cold and raining that day, so I had to take them inside my aunt's house. So I started thinking about what I could write as support text and I remembered that if I told the story of my name it would be nice, what do you think???

 
Para vos contar a história do meu nome, tenho de contar a história do nome da minha mãe! Chama-se Elisa e, tem um desgosto enorme de ser Elisa - claro que depois tem os apelidos - ela adorava chamar-se Maria Elisa, mas não teve essa sorte, pelo que sempre disse: "um dia se tiver uma filha vai chamar-se Maria, o outro nome não sei, mas Maria vai ter que ser."
 
 To tell you the story of my name I have to tell the story of my mother's name! Her name is Elisa, and she has a huge heartbreak at being just Elisa - of course there are the surnames afterwards - she loved to be called Maria Elisa, but she was not that lucky, so she always said: "one day if I have a daughter she will be called Maria (Mary), the other name I don't know, but Maria (Mary) will have to be."
 Quando a minha mãe ficou grávida, não tinha ideia nenhuma para o meu nome à excepção de Maria, claro! Então, uma amiga sugeriu-lhe o nome Marise (dito à la française Márise), quando me foram registar, os serviços não aceitaram o nome afrancesado - e ainda bem - fiquei a chamar-me em bom português Marisa! Há quem não goste do nome que tem, mas eu gosto muito do meu e acho que fica muito bem! Senhoras e senhores apresento-vos a Maria Marisa, eu própria e muito orgulhosa de si ahahhah!!

When my mom got pregnant, she had no idea for my name except Maria, of course! Then, a friend suggested the name Marise (said à la française Márise), when my parents went to register me they didn't accept the French name - and thankfully - I was called Marisa in good Portuguese! Some people don't like the name they have, but I really like mine and I think it looks great! Ladies and gentlemen, I introduce you to Maria Marisa, myself and very proud  of it ahahhah!!
Mas vocês sabem qual é a moda que anda pela capital, Lisboa, relativamente a nomes de pessoas??? Então os lisboetas acham que ter dois nomes é um provincialismo saloio e, o que é moderno é ter um único nome, por exemplo, Ana, ou Joana, só! Eu confesso que se me chamasse só Marisa sentiria o mesmo desgosto que a minha mãe sente por serElisa! E vocês têm mais do que um  nome?? São capazes de o revelar??? Digam-me nos comentários, estou curiosa para saber!!!
 
But do you know what is the fashion that goes around the capital, Lisbon, regarding people's names??? So the people of Lisbon think that having two names is a provincialism and what is modern is having a single name, for example, Ana, or Joana! I confess that if I called myself only Marisa I would feel the same heartbreak that my mother feels for being only Elisa! And you, do you have more than one name?? Are you able to reveal it??? Let me know in the comments, I'm curious to know!!!

Deixo-vos uma com uma música Proud Mary (Maria Orgulhosa) que é assim que me sinto em relação ao meu caminho de pedras! Proud Mary, apesar de se associar a uma figura feminina, é na realidade um barco com rodas de pás que vão girando e, navega, ou navegou, no Rio Mississipi entre Memphis e Nova Orleães! É uma música de empoderamento feminino, na letra quando se refere a uma grande roda que vai girando, trata-se de uma metáfora para o tempo que vai passando, "a grande roda continua a girar", é uma máquina do tempo! No início, quando somos jovens o tempo passa devagar e, quando envelhecemos o tempo passa rapidamente, assim é o ritmo da música, primeiro calmo e depois rápido! Quanto ao rio, esse representa a nossa vida, a que já passou e a presente, a nossa vida futura ninguém sabe! Só se's... achismos, portanto! Achei uma música muito apropriada para o dia em que se fez 50 anos! Espero que gostem!! Rolling, rolling!!
 
I leave you a song Proud Mary (Maria) that is how I feel about my stone path! Proud Mary, despite being associated with a female figure, is actually a boat with rotating paddle wheels and sails, or sailed, on the Mississippi River between Memphis and New Orleans! It's a song of female empowerment and, in the lyrics, when it refers to a big wheel that keep on turning, it's a metaphor for the passing of time, it's a time machine! In the beginning, when we are young, time passes slowly, and when we grow old, time passes quickly, so is the rhythm of music, first calm and then fast! As for the river, it represents our life, the one that has passed and the present one, our future life, nobody knows! Only if's... guesses! I thought it was a very appropriate song for the day I turned 50 ! Hope you like it!! Rolling, Rolling!!
Set: Uterque
 
 
 
 
https://www.youtube.com/watch?v=GW8PziOct6k
SHARE:

The Looks of the Week

Estas fotos são uma vergonha e eu sinto-me envergonhada por as publicar no contexto mundial. Um país soberano está a ser invadido e massacrado por um tirano louco. Neste momento, crianças, idosos, mulheres e homens morrem na Ucrânia. A beleza destas fotos chega a ser uma afronta, estou devastada com o que está e estará para a acontecer. Já suspeitando do que estaria para acontecer elaborei um look com as cores da Ucrânia. Nesse look a minha camisola tem um nó no pescoço! É com um grande nó na gargante que todos os homens de boa vontade devem estar neste momento! Também não posso deixar de referir e condenar o Partido Comunista Português por apoiar a Rússia neste ataque infame! Têm as mãos manchadas com sangue de inocentes!

These photos are a shame and I feel ashamed to publish them in the world context. A sovereign country is being invaded and massacred by a mad tyrant. Right now, children, the elderly, women and men are dying in Ukraine. The beauty of these photos is an affront, I am devastated by what is and will be about to happen. Already suspecting what was about to happen, I created a look with the colors of Ukraine. In this look my sweater has a knot in the neck! It is with a big knot in the throat that all men of good will must be at this moment! I also cannot help but condemn the Portuguese Communist Party for supporting Russia in this infamous attack! Their hands are stained with the blood of innocents!

 

 #1

 #2

  #3

  #4

  #5

Hoje não vos faço a habitual pergunta de qual look gostam mais, os looks de #1 a #4 não estão a concurso, hoje só podem escolher entre o look #5 ou o look #5, não aceito neste blog outra escolha que não esta!!

Today I don't ask you the usual question of which look you like the most, looks from #1 to #4 are not in competition, today you can only choose between look #5 or look #5, I don't accept any other choice on this blog. !!

 

 💔💔💔💔💔💔💔💔💔💔

🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏

SHARE:

Look Nº 714 - Courage to change!

 Bem-vindos a mais um post, que como já perceberam, não é da máquina do tempo! É de hoje mesmo, assim como o tema desenvolvido, um tema que ultimamente não me sai da cabeça por diversas razões! É o seguinte: por vezes sinto que a minha vida ficou suspensa num momento no tempo - que eu sei bem identificar - e, esse momento condicionou e condiciona toda a minha vida desde então! Aceitei responsabilidades e anulei-me face aos vários caminhos que a minha vida poderia ter tomado! Mas foram as circunstâncias que o ditaram! A grande questão que coloco hoje é " tenho coragem para mudar?"

 Welcome to another post, which as you've already noticed, is not from the time machine! It's from today, as well as the theme developed, a theme that lately doesn't get out of my head for several reasons! Here's the thing: sometimes I feel that my life has been suspended in a moment in time - which I know how to identify - and, that moment has conditioned and conditioned my whole life since then! I accepted responsibilities and canceled myself in the face of the various paths my life could have taken! But circumstances dictated it! The big question I pose today is "have I the courage to change?"


Para querermos mudar, em primeiro lugar, temos de aceitar que algo não está bem na nossa vida, eu até poderia dizer aquela frase cliché, sair da nossa zona de conforto, da nossa bolha, se essa zona de conforto fosse boa!!! Por tantas razões que não é! É neste dilema que me encontro nestes dias. Eu devo ser/ter aquele comportamento avesso à mudança/risco, conversa de economista! E nem é para provar nada a ninguém, mas por mera questão de validação pessoal!

To want to change, first of all, we have to accept that something is not right in our life, I could even say that cliché phrase, get out of our comfort zone, out of our bubble, if that comfort zone was good!!! For so many reasons it isn't! It is in this dilemma that I find myself these days. I must be/have that change/risk averse behavior, economist talk! And it's not even to prove anything to anyone, but for the mere matter of personal validation!

Após constatarmos que é preciso uma mudança na nossa vida, o passo seguinte é o da decisão ou acção! Sendo que esta fase é a mais díficil, porque muitas vezes essa mudança implica a vida de outras pessoas, não estamos sózinhos e, estamos perante um novo dilema: o que fazer? Terei eu coragem para mudar hoje? A cantora Sia escreve isto na perfeição na canção "Courage to Change" que vos deixo no final deste post!
 
After realizing that a change is needed in our life, the next step is the decision or action! Since this phase is the most difficult, because often this change involves the lives of other people, we are not alone and we are faced with a new dilemma: what to do? Have I the courage to change today? The singer Sia writes this perfectly in the song "Courage to Change" that I leave you at the end of this post! 
 


Saia: Uterque

 

 

„Que Deus me dê serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, coragem para mudar as que posso e sabedoria para distinguir entre elas.“ — Reinhold Niebuhr

Fonte: https://citacoes.in/citacoes/105779-reinhold-niebuhr-que-deus-me-de-serenidade-para-aceitar-as-coisas-q/

 “Deus,
Conceda-me a serenidade
Para aceitar aquilo que não posso mudar,
A coragem para mudar o que me for possível
E a sabedoria para saber discernir entre as duas."

„Que Deus me dê serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, coragem para mudar as que posso e sabedoria para distinguir entre elas.“ — Reinhold Niebuhr

Fonte: https://citacoes.in/citacoes/105779-reinhold-niebuhr-que-deus-me-de-serenidade-para-aceitar-as-coisas-q/
„Que Deus me dê serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, coragem para mudar as que posso e sabedoria para distinguir entre elas.“ — Reinhold Niebuhr

Fonte: https://citacoes.in/citacoes/105779-reinhold-niebuhr-que-deus-me-de-serenidade-para-aceitar-as-coisas-q/

                                                                    Reinhold Niebuhr 

 🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏

"God,
grant me serenity
To accept what I cannot change,
The courage to change what I can
And the wisdom to know how to discern between the two."

  Reinhold Niebuhr                                  

https://www.youtube.com/watch?v=6syMj_ieGKA   

SHARE:

Look Nº 713 - The Winner Takes it All!

Acreditem, ou não, mas estes azulejos sevilhanos que estão em pano de fundo nestas fotos são do séc XVI! Estou, mais exactamente, numa fonte, a Fonte dos Anjos em Montemor-o-Velho! Mas hoje não vos quero falar mais do espaço que embeleza estas fotos, quero antes falar do tempo. Não do tempo metereológico, pois seria conversa de circunstância, mas do tempo histórico! Não com uma visão revisionista do mesmo e, que tão na moda está - infelizmente - mas no sentido de contar, através de uma review de um livro, que afinal de contas, a evolução das sociedades não mudou assim tanto! O livro que vos quero falar é o clássico da literatura "Orgulho e Preconceito" de Jane Austen!

 Believe it, or not, these Seville tiles that are in the background in these photos are from the 16th century! I am, more exactly, in a fountain, The Angels Fountain in Montemor-o-Velho! But today I don't want to talk about the space that beautifies these photos, I want to talk about time, historical time! Not with a revisionist view of it, which is on the agenda - unfortunately - but in the sense of telling, through a book review, that after all, the evolution of societies hasn't changed that much! The book I want to tell you about is Jane Austen's classic "Pride and Prejudice"!

Já li o livro por duas vezes, em diferentes fases da minha vida, já vi uma adaptação cinematográfica e a série de televisão. Continuo a achar a história maravilhosa.... e com alguma actualidade! Trata-se do retrato da burguesia do séc. XIX em Inglaterra. A dualidade entre o amor e dinheiro é o que faz mover a narrativa e é uma crítica, por um lado ao papel da mulher na sociedade, mãe e esposa sem aspirações profissionais. Por outro lado, uma crítica à Lei do Morgadio (as propriedades eram transmitidas ao primogénito varão).
 
I've read the book twice, at different stages of my life, I've seen a film adaptation and the television series. I continue to find the story wonderful.... and with some topicality! It is a portrait of the 19th century bourgeoisie in England. The duality between love and money is what moves the narrative and is a criticism, on the one hand, of the role of women in society, mothers and wives without professional aspirations. On the other hand, a criticism of the Principle of Primogeniture (properties were transmitted to the firstborn male).
 

 
 

O livro conta a história de uma família que não teve a sorte de ter um filho varão, são cinco irmãs, cujo destino, já que não podem herdar as propriedades dos pais, é fazer bons casamentos! Ora numa sociedade movida à custa de interesses, propriedades e títulos de nobreza, descurando os sentimentos das mulheres, as personagens são o espelho da sociedade da época, orgulhosas e preconceituosas!
 
The book tells the story of a family that was not lucky enough to have a son, they are five sisters, whose destiny, since they cannot inherit their parents' properties, is to make good marriages! Now in a society driven by interests, properties and titles of nobility, neglecting the feelings of women, the characters are the mirror of the society of the time, proud and prejudiced!
A personagem principal é a doce, mas pouco submissa Elizabeth Bennet! Esta personagem desafia os padrões estabelecidos, com uma personalidade forte e vanguardista para a época, carrega dentro de si inquietações com as convenções sociais, enfim uma personagem inconformada com a sua sorte e com o facto dos sentimentos reais pouco importarem, especialmente quando estes colidem com os interesses da sociedade ou da família a que se pertence. Escusado será dizer que me identifiquei com o pensar desta personagem!
Quanto ao Sr. Darcy, é o típico aristocrata orgulhoso e com preconceitos de classe. Ele e Elizabeth são os personagens principais deste enredo.
 
 "- Desde o princípio, desde o primeiro instante que o vi, posso afirmá-lo, que as suas maneiras me convenceram de que era um homem arrogante, pretensioso e devotando a maior indiferença pelos sentimentos dos outros. Esta impressão foi tão profunda que constituiu, por assim dizer, o alicerce sobre o qual os acontecimentos subsequentes elevaram uma indestrutível antipatia; e ainda não o conhecia há um mês e já estava convencida de que seria o senhor o último homem no mundo com quem me convenceriam a casar."
 
 
 The main character is the sweet but not very submissive Elizabeth Bennet! This character defies established standards, with a strong and avant-garde personality for the time, carries within her concerns with social conventions, in short, a character who is unhappy with her luck and with the fact that real feelings do not matter, especially when they collide with the interests of society or the family to which one belongs. Needless to say, I identified with the thinking of this character! As for Mr. Darcy, he is the typical aristocrat, proud and with class-prejudiced. He and Elizabeth are the main characters in this plot.
 
"- From the beginning, from the first moment I saw you, I can say that your manners convinced me that you were an arrogant, pretentious man and devoting the greatest indifference to the others feelings. This impression was so profound that it constituted the foundation on which subsequent events had built an indestructible antipathy; and I had not known you for a month, and I was already convinced that you would be the last man in the world I could be persuaded to marry." 
 

Apesar deste livro ser um romance de época, a sociedade em que vivemos não é muito diferente daquela retratada, ao título do livro eu acrescentaria... e hipocrisia! A lei do Morgadio já não existe, nem os títulos de nobreza - em Inglaterra ainda existem - mas a sociedade continua a pensar daquela forma, apesar de ter tomado um banho de modernidade, a mulher emancipou-se, mas continua a ser vítima de golpes palacianos perpetrados por homens! Orgulho muito e, quanto ao preconceito, eu sinto-o na pele, enquanto mulher desempregada e doente, sou um mero número e desconsiderada devido à minha situação! Se não fosse tão convicta dos meus valores, tal como a Elizabeth, das duas uma, ou teria enlouquecido, ou teria cedido à podridão do passa por cima dos outros a qualquer preço só para parecer uma mulher de sucesso!
 
 Although this book is a period novel, the society we live in is not very different from the one portrayed, to the title of the book I would add... and hypocrisy! The Principle of Primogeniture no longer exists, nor do the titles of nobility - in England they still exist - but society continues to think that way, despite to have taken a bath of modernity, women have emancipated themselves, but they continue to be victims of palace coups performed by men! Pride continues to exist a lot and, as for prejudice, I feel it in my skin, as an unemployed and sick woman, I am a mere number and disregarded due to my situation! If I weren't as convinced of my values as Elizabeth, either I would have gone crazy, or I would have given in to the rottenness of stepping over others at any price just to look like a successful woman!



Look: Zara
 
 
"-... Toda a minha vida fui uma criança egoísta, se não na prática, pelo menos nos meus princípios. Em criança ensinaram-me o que era certo, mas não me ensinaram a corrigir o meu génio. Deram-me bons princípios, mas deixaram-me segui-los baseado no meu orgulho e no meu conceito. Fui mimado pelos meus pais, que embora fossem bons, permitiram, encorajaram e quase me ensinaram a ser egoísta e tirânico, a não me interessar por ninguém para além do círculo da família, a desprezar todo o resto do mundo e a minimizar o seu bom senso e o valor comparados com o meu...." (Sr. Darcy)
👇👇👇👇👇👇
 
 "-... All my life I was a selfish child, if not in practice, at least in my principles. As a child I was taught what was right, but they did not teach me to correct my temper. They gave me good principles , but they let me follow them based on my pride and my concept. I was spoiled by my parents, who although they were good, allowed, encouraged and almost taught me to be selfish and tyrannical, not to be interested in anyone but the family circle, to despise everyone else and to minimize their common sense and worth compared to mine...." (Mr. Darcy)
 
 So let's look at a trailer 

https://www.youtube.com/watch?v=RA_LdzGfyAk
 

SHARE:

The Looks of the Week

 Bem-vindos a mais fantástico post dos Looks da Semana! Se não fosse esta rubrica do blog que me obriga a que todos os dias me vista como se fosse sair para trabalhar/passear acho que estava a sofrer de uma depressão! Estou a acusar o cansaço da Pandemia! Um dos sintomas é achar que podia fazer melhor no blog, acho que tenho despachado os posts com muita ligeireza, mas também o mês de Fevereiro não é um mês fácil, é um mês atípico, frio, por isso a expressão portuguesa "estás com cara de Fevereiro"! Digam lá de vossa justiça, acham que os posts estão com cara de Fevereiro???

 Welcome to the most fantastic Looks of the Week post! If it wasn't for this blog entry that forces me to dress every day as if I were going out to work/walk I think I would be suffering from depression! I'm accusing the Pandemic fatigue! One of the symptoms is that I think I could do better on the blog, I think I've been dispatching the posts very quickly, but also the month of February is not an easy month, it's an atypical, cold month, so the Portuguese expression "you look like February face"! Tell me about your justice, do you think the posts look like February face???

 SEGUNDA / MONDAY

TERÇA / TUESDAY

QUARTA / WEDNESDAY

QUINTA / THURSDAY

SEXTA / FRIDAY

A tendência Pied de Poule -  padrão do casaco - é um clássico renovado, originalmente nas cores preto e branco, actualmente tem-se tornado mais irreverente ao ser produzido em várias cores! Este padrão tem origens escosesas, mas foi a Maison Dior que o popularizou nos anos 50! Deixo-vos algumas propostas de look, espero que gostem!
 
The Pied de Poule trend - coat pattern - is a renewed classic, originally in black and white, now it has become more irreverent by being produced in various colors! This pattern has Scottish origins, but it was Maison Dior that popularized it in the 50s! I leave you some look proposals, hope you like it!

Então, digam-me lá qual é o vosso look preferido? Qual o dia da semana que preferem?

 
So, tell me what is your favorite look? What day of the week do you prefer?  
 
 
 


Shop My Closet: Houndstooth Coat


 

 

 

 

 

SHARE:

Look Nº 712 - Throw Back Thursday

 Bem-vindos a mais um fantástico post da máquina do tempo! Hoje vamos recuar até ao dia 31 de Março de 2020! O ano da nossa desgraça, o vírus tinha entrado no país há muito pouco tempo. Lembro-me que no dia 7 de Fevereiro de 2020 estive numa grande festa de aniversário e pouco tempo depois estávamos em confinamento e muito, muito assustados! É claro que o meu confinamento tinha começado no ano anterior, pois com o pé fracturado não podia conduzir e, já estava há muitos meses fechada em casa!

 Welcome to another fantastic time machine post! Today we are going back to March 31, 2020! The year of our doom, the virus had entered the country very recently. I remember that on the 7th of February 2020 I was at a big birthday party and a short time later we were in lock down and very, very scared! Of course, my lock down had started the year before, because with a broken foot I couldn't drive and I had been locked up at home for many months!

Como podem constatar eu estou a usar uma bota ortopédica na foto mais antiga! Mas tirando esse detalhe o vestido floral é um must-have em qualquer armário! E como o amarelo este ano está em alta, achei que este vestido está perfeitamente up to date!

As you can see I am wearing an orthopedic boot in the oldest photo! But apart from that detail, the floral dress is a must-have in any closet! And as yellow is on the rise this year, I thought this dress is perfectly up to date!







 


 

Eu sei que é uma pergunta díficil, mas qual o look que mais gostaram?? O Look de 2020, ou o Look de 2022??

I know it's a difficult question, but which look did you like the most?? The 2020 Look, or the 2022 Look??


Shop My Closet: Floral Dress

SHARE:

Look Nº 711 - Happy Valentine's Day!

Hoje é Dia dos Namorados!  É impossível não ficar refém desta data aqui no blog! Gostaria de vos contar uma história bem romântica, mas isso não faz o meu estilo! Pelo que vos vou contar a história, não de namorados, mas de um casal recém casado que conheci! Nessa época eu trabalhava e ele era meu colega de trabalho, era um homem bem parecido, muito bonito e... estava apaixonado! O que para mim não era surpresa pois um casal recém casado não se poderia esperar outra coisa!! 

Today is Valentine's Day! It's impossible not to be taken hostage of this date here on the blog! I'd like to tell you a very romantic story, but that's not my style! So I'm going to tell you the story, not a sweet couple, but of a newly married couple I met! At that time I was working and he was my co-worker, he was a good looking man, very handsome and ... he was in love! Which for me was no surprise because for a newly married couple we couldn't expect anything else!!

O casamento ia de vento em popa, até que se chegou o Inverno, como já disse em várias publicações, o Inverno em Portugal é curto mas frio, o problema mais grave é que as casas não foram construídas para as temperaturas que se fazem sentir no Inverno, as casas são geladas e os salários portugueses não conseguem pagar o aquecimento de uma casa, somos um povo pobre energéticamente, uma tragédia para as pessoas mais velhas... e também para as mais novas como vão já perceber!!!

The marriage went from strength to strength, until winter arrived, as I have already said in several publications, winter in Portugal is short but cold, the most serious problem is that the houses were not built for the temperatures that are felt in the Winter, the houses are cold and Portuguese wages cannot pay for heating a house, we are an energy poor people, a tragedy for the older ones... and also for the younger ones as you will already understand!!!

Ora este meu colega era um friorento e a mulher gostava tanto dele, imaginem o que ela fazia! Ela levantava-se mais cedo para lhe fazer o pequeno almoço, até aqui tudo bem, mas... como sabem tem sempre um mas! Mas não era só isto que ela fazia, depois do pequeno almoço ela ligava o ferro e passava a ferro as cuecas do marido para ele ir quentinho para o trabalho!! A sério!! Esta história é verídica!! Esta mulher fazia isto!! Isto não é uma prova de amor, é submissão!! Eu não sei como há mulheres assim!!! Isto até parece anedota! Não acham?

This colleague of mine was a cold one and his wife liked him so much, imagine what she did! She got up earlier to make him breakfast, so far so good, but... as you know, there's always a but! But that wasn't all she did, after breakfast she turned on the iron and ironed her husband's underwear so he could go to work warm!! Seriously!! This story is true!! This woman did this!! This is not a proof of love, it's submission!! I don't know how there are women like that!!! This sounds like a joke! Don't you think?

Mas o pior ainda estava para vir, este nosso colega começou a ausentar-se à hora do almoço e nós começámos a estranhar o seu comportamento, até que um dia o apanhámos dentro do carro aos beijos com outra mulher!! A sério, ia de cuecas quentinhas para se ir encontrar com outra, passado alguns meses divorciou-se e casou com esta nova namorada. Espero que a ex-mulher tenha aprendido alguma coisa... a valorizar-se!!

But the worst was yet to come, this colleague of ours started to leave the office at lunchtime and we started to find his behavior strange, until one day we caught him in the car kissing another woman!! Seriously, he was going in warm underwear to meet someone else, after a few months he got divorced and married this new girlfriend. I hope the ex-wife has learned something... to value herself!!



Set: Uterque
 

💖 Happy Valentine's Day💖

 

 Shop My Closet: Set


SHARE:
Blogger Template Created by pipdig